Spirulina – um alimento funcional e repleto de benefícios

A Spirulina é uma cianobactéria – chamada popularmente de microalga – famosa por seus componentes, excelentes atividades nutricionais e ações terapêuticas, podendo ser utilizada como suplemento alimentar, na prevenção de doenças e também no tratamento de determinadas condições.

Confira este artigo até o final para saber mais sobre esse alimento funcional, repleto de benefícios.

PARA QUE SERVE A SPIRULINA?

A Spirulina possui um perfil nutricional notável, incluindo proteínas de alta qualidade, vitaminas do complexo B, minerais e antioxidantes, demonstrando ser capaz de promover diversos benefícios para a saúde.

AUXILIA NO CONTROLE DO COLESTEROL E TRIGLICERÍDEOS

Estudos indicam que os componentes antioxidantes dessa cianobactéria ajudam no controle das taxas de colesterol e triglicerídeos, beneficiando o perfil lipídico.

É ALIADA DO PROCESSO DE EMAGRECIMENTO

Uma pergunta muito frequente é se “a spirulina emagrece?” e estudos têm apontado que sim, ela é uma grande aliada nesse contexto. Em um estudo específico, foi possível constatar que a suplementação de 2,8 g de Spirulina, três vezes ao dia, durante quatro semanas, resultou na redução de peso corporal de pacientes obesos. Especialistas associam esse efeito positivo a mecanismos que ajudam na modulação das reservas de gordura e ao aumento da saciedade que ela pode promover. Mas sempre é importante lembrar – nenhum recurso terapêutico para emagrecer funciona sozinho, devendo estar inserido em um conjunto de estratégias para essa finalidade.

Para auxiliar no emagrecimento, a Spirulina pode ter seus efeitos potencializados quando associada a componentes capazes de atuar de forma sinérgica no organismo. Aproveite para conhecer o nosso composto de Quitosana, Cromo, Psyllium e Spirulina – indicado para reduzir a absorção da gordura proveniente dos alimentos, favorecendo a perda de peso, melhorando o funcionamento intestinal, aumentando a saciedade, entre outros benefícios. Clique aqui e saiba mais.

PODE AJUDAR NA REDUÇÃO DA GLICOSE

Estudos apontam que a suplementação com Spirulina pode produzir efeitos positivos no controle da glicose e no manejo do diabetes.

BENEFICIA A IMUNIDADE

A Spirulina é rica em componentes que estimulam o bom funcionamento do sistema imunológico contra infecções. Além disso, a ingestão diária dessa cianobactéria demonstrou relação com a manutenção das funções celulares normais, o que sugere seus possíveis benefícios contra alterações cancerígenas.

PODE AJUDAR NOS CASOS DE HIPERTENSÃO

Estudos apontam que a Spirulina pode ser uma aliada na redução da pressão sistólica e diastólica, ajudando nos casos de hipertensão.

PROMOVE EFEITOS POSITIVOS PARA A MICROBIOTA INTESTINAL

Estudos indicam que a Spirulina promove um efeito positivo sobre a flora intestinal, aumentando a viabilidade de microrganismos “do bem”, como Bifidobacterium e Lactobacillus, além de otimizar a absorção de determinadas vitaminas provenientes da alimentação.

AUXILIA NA PREVENÇÃO DA ANEMIA

A Spirulina apresenta o dobro da quantidade de ferro quando comparada ao espinafre, por exemplo – mineral necessário para a produção de hemoglobina, um componente dos glóbulos vermelhos no sangue – podendo ser útil no tratamento e na prevenção da anemia.

COMO USAR A SPIRULINA?

A Spirulina pode ser utilizada em pó ou em cápsulas, sozinha ou associada a outros componentes, de acordo com as orientações de um nutricionista, médico ou profissional de saúde habilitado.

Quando administrada adequadamente, na maioria dos casos não há efeitos colaterais. Ainda assim, ao notar alterações que podem estar ligadas à suplementação, é fundamental relatá-las ao profissional prescritor.

Embora seja natural e segura para grande maioria das pessoas, não é recomendado o uso durante a gravidez e lactação, já que ainda não há estudos suficientes que atestem a sua segurança nesses casos. O suplemento também não deve ser administrado em crianças com fenilcetonúria – uma doença genética rara.

Fontes consultadas: Rasbran – Revista da Associação Brasileira de Nutrição | Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada.

Image by azerbaijan_stockers on Freepik.